Home
Quem é Emiliano
Mandato
Livros
Imagens
Artigos
Notícias
Boletins
Na Imprensa
Galeria F
Contato

 

Boletim nº 100 – agosto/2005 – (71) 3115 7139/3115 7073 Fax 3115 4093

Para quem tem memória curta

Está circulando na Internet um breve resumo das falcatruas, corrupções e sabotagens às CPIs durante o Governo FHC. Para refrescar a memória da turma do PSDB/PFL.

SIVAM: Logo no início da gestão de FHC, denúncias de corrupção e tráfico de influências no contrato de US$ 1,4 bilhão para a criação do Sistema de Vigilância da Amazônia (Sivam) derrubaram um ministro e dois assessores presidenciais. Mas a CPI instalada no Congresso, após intensa pressão, foi esvaziada pelos aliados do governo e resultou apenas num relatório com informações requentadas ao Ministério Público.

PASTA ROSA: Pouco depois, em agosto de 1995, eclodiu a crise dos bancos:Econômico (BA), Mercantil (PE) e Comercial (SP). Através do Programa de Estímulo à Reestruturação do Sistema Financeiro (Proer), FHC beneficiou com R$ 9,6 bilhões o Banco Econômico numa jogada política para favorecer o seu aliado ACM. A CPI instalada não durou cinco meses, justificou o "socorro" aos bancos quebrados e nem sequer averiguou o conteúdo de uma pasta rosa, que trazia o nome de 25 deputados subornados pelo Econômico.

PRECATÓRIOS: Em novembro de 1996 veio à tona a falcatrua no pagamento de títulos no Departamento de Estradas de Rodagem (Dner). Os beneficiados pela fraude pagavam 25% do valor destes precatórios para a quadrilha que >comandava o esquema, resultando num prejuízo à União de quase R$ 3 bilhões. A sujeira resultou na extinção do órgão, mas os aliados de FHC impediram a criação da CPI para investigar o caso.

COMPRA DE VOTOS: Em 1997, gravações telefônicas colocaram sob f orte suspeita a aprovação da emenda constitucional que permitiria a reeleição de FHC. Os deputados Ronivon Santiago e João Maia, ambos do PFL do Acre, teriam recebido R$ 200 mil para votar a favor do projeto do governo. Eles renunciaram ao mandato e foram expulsos do partido, mas o pedido de uma CPI foi bombardeado pelos governistas.

DESVALORIZAÇÃO DO REAL: Num nítido estelionato eleitoral, o governo promoveu a desvalorização do real no início de 1999. Para piorar, socorreu com R$ 1,6 bilhão os bancos Marka e FonteCidam – ambos com vínculos com tucanos de alta plumagem. A proposta de criação de uma CPI tramitou durante dois anos na Câmara Federal e foi arquivada por pressão da bancada governista.

PRIVATARIA: Durante a privatização do sistema Telebrás, grampos no BNDES flagraram conversas entre Luis Carlos Mendonça de Barros, ministro das Comunicações, e André Lara Resende, dirigente do banco. Eles articulavam o apoio a Previ, caixa de previdência do Banco do Brasil, para beneficiar o consórcio do banco Opportunity, que tinha como um dos donos o tucano Pérsio Árida. A negociata teve valor estimado de R$ 24 bilhões. Apesar do escândalo, FHC conseguiu evitar a instalação da CPI.

CPI DA CORRUPÇÃO: Em 2001, chafurdando na lama, o governo ainda bloqueou a abertura de uma CPI para apurar todas as denúncias contra a sua triste gestão. Foram arrolados 28 casos de corrupção na esfera federal, que depois se concentraram nas falcatruas da Sudam, da privatização do sistema Telebrás e no envolvimento do ex-ministro Eduardo Jorge. A sujeira no ninho tucano novamente ficou impune.

EDUARDO JORGE: Secretário-geral do presidente, Eduardo Jorge foi alvo de várias denúncias no reinado tucano: esquema de liberação de verbas no valor de R$ 169 milhões para o TRT-SP; montagem do caixa-dois para a reeleição de FHC; lobby para favorecer empresas de informática com contratos no valor de R$ 21,1 milhões só para a Montreal; e uso de recursos dos fundos de pensão no processo das privatizações. Nada foi apurado e hoje o sinistro aparece na mídia para criticar a "falta de ética" do governo Lula.

CPIs SABOTADAS: FHC impediu qualquer apuração e sabotou todas as CPIs. Ele contou ainda com a ajuda do procurador-geral da República, Geraldo Brindeiro, que por isso foi batizado de "engavetador-geral". Dos 626 inquéritos instalados até maio de 2001, 242 foram engavetados e outros 217 foram arquivados. Estes envolviam 194 deputados, 33 senadores, 11 ministros e ex-ministros e em quatro o próprio FHC. Nada foi apurado, a mídia evitou o alarde e os tucanos ficaram intactos. Lula inclusive revelou há pouco que evitou reabrir tais investigações - deve estar arrependido dessa bondade!

GOVERNO LULA APURA: Diferente do reinado tucano, o que é uma importante marca distintiva do atual governo, hoje existe maior seriedade na apuração das denúncias de corrupção. Tanto que o Ministério da Justiça e sua Polícia Federal surgem nas pesquisas de opinião com alta credibilidade. Nesse curto período foram presas 1.234 pessoas, sendo 819 políticos, empresários, juízes, policiais e servidores acusados de vários esquemas de fraude - desde o superfaturamento na compra de derivados de sangue até a adulteração de leite em pó para escolas e creches. Ações de desvio do dinheiro público foram atacadas em 45 operações especiais da PF.

CGU FISCALIZA: Já a Controladoria Geral da União, encabeçada pelo ministro Waldir Pires, fiscalizou até agora 681 áreas municipais e promoveu 6 mil auditorias em órgãos federais, que resultaram em 2.461 pedidos de apuração ao Tribunal de Contas da União. Apesar das bravatas de FHC, a Controladoria só passou a funcionar de fato no atual governo, que inclusive já efetivou 450 concursados para o trabalho de investigação. "A ação do governo do presidente Lula na luta decidida contra a corrupção marca uma nova fase na história da administração pública no país, porque ela é uma luta aberta contra a impunidade", garante Waldir Pires.

CLIMA DE SUCESSÃO: Diante de fatos irrefutáveis, fica patente que a atual investida do PSDB-PFL não tem nada de ética. FHC, que orquestrou a recente eleição de Severino Cavalcanti para presidente da Câmara, tem interesses menos nobres nesse embate. Através da CPI dos Correios, o tucanato visa imobilizar o governo Lula e desgastar sua imagem, preparando o clima para a sucessão presidencial. De quebra, pode ainda ter como subproduto a privatização dos Correios, acelerando a tramitação do projeto de lei 1.491/99, interrompida pelo atual governo, que acaba com o monopólio estatal dos serviços postais


Boletins 2002 campanha

Outros Boletins

Boletim 159
Reunião Plenária de Emiliano dia 22 de julho
Boletim 158
Samuel Celestino comenta campanha de Emiliano
Boletim 157
Sargento PM aterroriza em Guaratinga
Boletim 156
Bebês morrem por negligência em Jequié
Boletim 155
Justiça condena jornal da família de ACM
Boletim 154
Muita insegurança na Bahia
Boletim 153
Sindicatos da CUT lançam Revista do Brasil
Boletim 152
Paulo Souto (PFL) processa Emiliano (PT)
Boletim 151
São Francisco do Conde: renda milionária, povo pobre
Boletim 150
Carmem, a nova porta-voz de Paulo Souto
Boletim 149
Justiça acolhe queixas-crime de Emiliano contra jornalista e deputado carlista
Boletim 148
Jovens petistas se unem a Emiliano
Boletim 147
Emiliano na campanha O BRASIL PRECISA DA CAIXA
Boletim 146
Prefeita do PL baiano frauda a Previdência
Boletim 145
Revista Carta Capital quebra o silêncio da mídia e publica grave denúncia de Emiliano contra ACM
Boletim 144
Publicitário testa-de-ferro do senador ACM controla dois portos na Bahia
Boletim 143
Ilê Axé Alaketú Oya Mimi promove cidadania
Boletim 142
E a revitalização do São Francisco?
Boletim 141
Homenagem a Ana Montenegro
Boletim 140
Turma da UNEB homenageia Emiliano
Boletim 139
Souto discrimina de novo 25 mil servidores
Boletim 138
Nova carta aos militantes do PT
Boletim 137
Prejuízo da PREVI envolve Paulo Souto, ACM e FHC
Boletim 136
Governador da Bahia tenta intimidar PT
Boletim 135
Emiliano José (PT) foi dedurado na CPMI dos Correios
Boletim 134
Emiliano escreve aos militantes petistas
Boletim 133
Assassino de Natur está recolhido à prisão
Boletim 132
Dia 4 de fevereiro, festa no Clube dos Médicos
Boletim 131
Dia 4 de fevereiro, festa no Clube dos Médicos
Boletim 130
Deputada do PPS escandaliza portadores de deficiência
Boletim 129
Senador baiano defende calote nos direitos autorais
Boletim 128
Caixa 2 financiou 14 deputados federais baianos
Boletim 127
Jornal de ACM ataca deputado Emiliano
Boletim 126
Assembléia censura discurso de Emiliano
Boletim 125
Deputado quer proibir carvão no São Francisco
Boletim 124
Tarefa principal do PT é reeleição de Lula
Boletim 123
Emiliano será candidato a deputado federal
Boletim 122
Título de Cidadão Baiano para Bob Fernandes
Boletim 121
Bahia pode ter ato contra cassação de Zé Dirceu
Boletim 120
Polícia Militar atira contra Igreja em Itapuã
Boletim 119
Ensino obrigatório de História Afro-Brasileira
Boletim 118
Emiliano lamenta falecimento de Yolanda
Boletim 117
Contrato do Bradesco com governo é ilegal
Boletim 116
Revista denuncia dinheiroduto baiano
Boletim 115
Bahia reduz recursos para rio São Francisco
Boletim 114
500 mil votos revelam que coveiros do PT falharam
Boletim 113
Policiais dizem SIM à proibição das armas
Boletim 112
Emiliano quer diálogo de Lula com bispo de Barra
Boletim 111
Sinjorba, OAB e igrejas relembram Herzog
Boletim 110
Emiliano continua a contar a saga da Galeria F
Boletim 109
Campanha Primavera pela Vida
Boletim 108
PT deu um soco na cara da direita raivosa
Boletim 107
PFL está com o porco nas costas
Boletim 106
França constata poluição em Santo Amaro
Boletim 105
Baianos de Salvador apóiam Lula
Boletim 104
Ex-presos políticos homenageiam Padre Renzo
Boletim 103
41 anos da Feira de São Joaquim
Boletim 102
Emiliano assaltado na BR 116
Boletim 101
Para quem tem memória curta
Boletim 100
Para quem tem memória curta
Boletim 99
Missa em Memória de Elenaldo Teixeira
Boletim 98
PT da Bahia divulga Nota Pública
Boletim 97
Emiliano assume presidência do PT baiano
Boletim 96
Moção de Pesar por Gastão Pedreira
Boletim 95
Site de alunos da FTC conta história de luta de Emiliano
Boletim 94
Prêmio Jaime Wright de direitos humanos
Boletim 93
Universitários baianos pressionam parlamentares
Boletim 92
UFBA quer maternidade de primeiro mundo
Boletim 91
Clodomir Morais faz palestra na UFBA
Boletim 90
Cartilhas politicamente corretas
Boletim 89
Imbassahy fez a desova e viajou para Miami
Boletim 88
Campanha sórdida contra o governo Lula
Boletim 87
Presidente de Angola recebe Emiliano
Boletim 86
Presidente de Angola será Cidadão Baiano
Boletim 85
Patrícia Pillar vai viver Zuzu Angel no cinema
Boletim 84
Homenagem ao craque de futebol Sócrates
Boletim 83
Até dia 17 você pode votar no site de Emiliano
Boletim 82
Site de Emiliano em campanha eleitoral
Boletim 81
Acesse o site de Emiliano e dê o seu voto
Boletim 80
Arquivos que a ditadura não pôde esconder
Boletim 79
Ministros virão para lançamento do livro de Emiliano
Boletim 78
Emiliano lança novo livro dia 17 de março
Boletim 77
Projeto de Emiliano quer resgatar quilombos da Bahia
Boletim 76
CGU descobre fraudes em Serra do Ramalho
Boletim 75
Fraudes em mais três municípios baianos
Boletim 74
Aumenta pressão para abrir arquivos da ditadura
Mais Boletins

 
 
Quem é Emiliano l Mandato l Livros l Imagens l Artigos l Notícias l Contato
Assine nosso livro de visitas
Copyright © 2000-2003 Emiliano José - Todos os direitos reservados